Abdominais

No post de hoje vamos conhecer melhor essa atividade que tantas pessoas fazem, porém, criando expectativas não reais.
Apenas com abdominal sua barriga não fica definida. O abdominal busca fortalecer e tonificar os músculos, mas não reduzir essa gordura. Para isto, é necessário apostar em exercícios aeróbicos, como caminhada e corrida.
Isso não quer dizer que não adianta fazer abdominais, muito pelo contrário, elas são de extrema importância, mas para um bom resultado é preciso fazer mais exercícios.

É preciso variar os tipos de abdominal para conquistar uma barriga definida.
- Para fortalecer os músculos abdominais oblíquos (mais para o lado da barriga): é necessário realizar exercícios com o tronco girando, com o cotovelo direito apontando para o joelho esquerdo e vice-versa.
- Para fortalecer o músculo reto abdominal (a parte frontal da barriga): faça a abdominal básica.
- Para fortalecer o músculo infra-abdominal (a parte inferior da barriga): invista na elevação das pernas com o tronco na horizontal e levemente flexionado.
- Para fortalecer a musculatura mais profunda do abdômen: invista na prancha no chão (tronco paralelo ao chão, barriga para baixo, apoiado nos antebraços e ponta dos pés).
Músculos fortes melhoram a circulação sanguínea na região, automaticamente, melhorando o metabolismo local e realizando a queima de gordura. Além disso, fazer abdominais ajuda a postura corporal, pois a ação estabiliza o corpo de maneira geral.

abdominais

Dicas importantes:
1- Vale mais fazer 30 abdominais variadas do que fazer 100 abdominais básicas.
Apostar em um número alto de abdominais pode sobrecarregar a coluna, causando dor e até hérnias a longo prazo.
2- Abdominais não devem ser feitos todos os dias. O ideal é que a musculatura tenha um tempo sem esforço.

Fonte: Minha Vida

 

Be Sociable, Share!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>