Iniciou-se nesta segunda-feira (25/02/2013) a SIPAT 2013.  Na segunda e terça-feira contamos com a presença da equipe Saúde e Segurança de São Paulo/SP.

Na segunda-feira, o assunto abordado foi  “Segurança no trabalho”, onde foi apresentado um teatro enfatizando a importância de uso de EPI (equipamento de proteção individual), preparação do funcionário para exercer a função, fatores pessoais, uso de medicamentos que alteram o comportamento, desviando a atenção, entre outros. Ainda, dentro deste tema, foi abordado os acidentes de trajeto, destacando-se os acidentes de trânsito que ocorrem do caminho de casa para o trabalho, ou vice-versa.

Ontem, terça-feira, o assunto abordado foi ” Motivação para o trabalho”, também demosntrado com teatro, vídeos com depoimentos, onde se destacou principalmente um relato do esportista Ayrton Senna, dizendo que devemos ter paixão pelo nosso trabalho e fazer tudo da melhor maneira possível, com amor.

Em breve traremos mais informações sobre a SIPAT 2013, confira em breve as fotos em nossa página no Facebook.

cipa


saiba mais

 

O chocolate faz bem à saúde? A resposta não é conclusiva. Por isso, o melhor é comer com moderação.

Um estudo recente mostra que talvez possamos atacar o chocolate sem medo, pois pode trazer benefícios para o coração. O estudo, que combinou o resultado de 42 testes, descobriu que as pessoas que consumiram chocolate ou cacau durante algumas semanas ou meses tiveram pequenas melhorias na pressão sanguínea e no funcionamento dos vasos sanguíneos. Tiveram também uma melhoria nos níveis de insulina, responsável por regular o açúcar no sangue.

Não é a primeira vez que estudos relacionados com chocolate, revelam os seus benefícios para o coração. Outros tinham já revelado que os amantes de chocolate tinham menos fatores risco relacionados com doenças cardíacas, como tensão alta.

No entanto, este tipo de estudo não prova a causa e o efeito entre chocolate e saúde. Ou seja, as pessoas que consomem chocolate podem ter outros fatores que explicam o bom funcionamento cardíaco.

Em contraste, este estudo centra-se em testes clínicos onde os pesquisadores escolhem aleatoriamente pessoas para comer chocolate ou não, e então observam as mudanças nos níveis sanguíneos, colesterol e outros fatores de risco.

De acordo com os pesquisadores, liderados por Lee Hooper, o facto de se terem verificado algumas melhorias leva a considerar que o chocolate pode trazer determinados benefícios.

No entanto, Hooper alerta para o fato de, dada a dimensão do estudo, poder conter erros. E, na verdade, nenhum estudo demonstrou se existe algum efeito no risco de vir a sofrer um ataque cardíaco ou derrame.

 

Fonte: http://idademaior.sapo.pt/

 

 


saiba mais